Centro de Inovação do Órion Parque é inaugurado tendo como uma das atrações palestra do Google

junho 27, 2016
.
“O sonho virou realidade e agora nosso intuito é que em 2020 já estejamos consolidados como um acelerador da inovação”, disse o presidente do Instituto Órion, Valmir Tortelli

Lages foi a primeira cidade a inaugurar um dos 13 Centros de Inovação e Tecnologia que serão construídos em Santa Catarina para promover a competitividade e fomentar negócios na economia regional. Uma fusão entre poder público, empresas e universidades, forma a tríplice hélice, base desse Centro de Inovação, que chega para transformar o destino da região serrana.

Centro de Inovação Luiz Henrique da Silveira está localizado no terreno do Órion Parque Tecnológico. A estrutura conta com investimentos de R$ 6,5 milhões do Governo do Estado e mais R$ 3,2 milhões da Prefeitura. Já para a construção do conjunto de centros, serão destinados R$ 50 milhões do programa Pacto por Santa Catarina.

As portas para inovação foram abertas na sexta-feira (24/06) e contou com a presença do governador Raimundo Colombo e inúmeras autoridades, além da presença da comunidade, o saguão e os 4 andares do Centro de Inovação ficaram repletos de gente. “Este é um momento histórico e o impacto desses Centro para as cidades escolhidas será trazer qualidade de vida, modernização da economia e fortalecimento do modelo catarinense de distribuição demográfica, assim ofertando oportunidades iguais a todos os cidadãos”, disse o governador.

A obra conta com quatro mil metros quadrados de área construída. São 34 salas para instalar empresas, seis salas de reuniões equipadas, 4 auditórios (cada um com capacidade para 100 pessoas), laboratório de informática (com 50 notebooks), mais espaços para coworking e áreas comuns. Além de oferecer serviços as empresas através do Departamento de Projetos; Departamento de Mentoria (assessoria Contábil, jurídica,) Departamento de Negócios; Internet; segurança eletrônica, e acompanhando as empresas através do escritório administrativo.

Assista ao vídeo de apresentação do Centro de Inovação:

Inscreva-se em nosso Canal no YouYube!

 

Serão 6 áreas a serem trabalhadas, com o intuito de trazer inovação e produtividade em todos os setores da economia serrana, sendo eles produtos ou serviços. São elas:

  • Tecnologia da Informação – TI e Comunicação TIC
  • Biotecnologia (Genética animal e vegetal)
  • Automação e Metal-mecânica
  • Economia Verde
  • Tecnologia da Madeira
  • Ensino

O Centro de Inovação, já é realidade e fazem parte do Orion Parque, um projeto de 90 mil m² de área, que já conta com uma excelente estrutura em andamento e pode abrigar dezenas de empresa. NDD, SENAC TI e FLEX já possuem projetos comprometidos de inserções ao local.

PALESTRA DO GOOGLE

No dia do evento e inauguração diversas palestras foram ministradas ao público em geral, um dos destaques foi a apresentação do especialista Google Apps For Work, Rômulo Simas, que falou sobre “Cultura da Inovação: a forma Google de pensar, inovar e colaborar”.

Segundo Rômulo, o Google fomenta a criatividade de maneira organizada, utilizando o conceito 70/20/10. “Trabalhamos 70% aprimorando os produtos já consolidados, damos atenção de 20% aos projetos que permeiam o negócio (gmail, google chrome) e 10% da atenção vai para inovações que não tem a ver com o core da empresa (goole loon, selfdrivingcar, google cardboard). Estimulamos as pessoas e oferecemos um ambiente atrativo para isso”, comenta Rômulo.

Para que tudo isso caminhe em harmonia e funcione, a empresa estipulou 8 princípios:

  • Contrate pessoas certas

Há um processo baseado no conhecimento do grupo. É valorizado a indicação de googlers, depois é feito uma triagem robusta, depois disso o candidato passa por um comitê de contratação. “Nós damos muita liberdade mais a responsabilidade de quem trabalha conosco é altíssima”, disse.

  • Compartilhe tudo que puder

O Google acredita que colaboração funciona melhor quando há compartilhamento de informação. “Uma ideia boa, só será boa o suficiente se sair da cabeça e for discutida, debatida e testada”, destacou.

  • Liderança para sonhar

Os funcionários do Google podem criar projetos utilizando 20% do seu tempo de trabalho. “Se a pessoa ficar 100% focada no trabalho, quando ela irá inovar? Deixamos nossos Googlers livres para criar novos projetos, produtos, o Gmail surgiu desse tempo”, questionou.

  • Pense 10x

“Como vou ampliar isso 10x?”

“Como vamos fazer isso 10x melhor?”

“Como melhorar esse processo 10x?”

Desta forma a empresa busca sempre oferecer aos usuários o melhor. A política do Google faz com que todos os colaboradores exercitem essa maneira de pensar.

  • Comece e continue ouvindo

“Não buscamos a perfeição para começar algo, continuamos ouvindo os usuários continuamente para melhorarmos nossos produtos. Com o feedback do mundo real, que você não se distância do que o mercado busca”, comentou.

  • Busque por ideias em todo lugar
  • O foco no usuário, não no concorrente
  • Use dados, não opiniões

Rômulo terminou a palestra citando a frase do diretor executivo do Google, Larry Page: “É preciso ter um desprezo saudável pelo impossível”.

 

Confira a galeria de fotos do evento:

 

Quer ver mais fotos? Clique aqui!

gostou? compartilhe para mais pessoas!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba conteúdos exclusivos!

Queremos saber quais são seus interesses.
Cadastre-se, é rápido e fácil!




    Eu aceito a Política de Privacidade

    Mostrar Aviso

    O que você está procurando?

    Suporte

    Para acessar escolha uma das soluções

    Caso você precise de ajuda ou tenha alguma dúvida, basta acessar o suporte!

    Telegram

    Com que você deseja falar?